Aerossóis inalatórios são todos iguais?

Os aerossóis inalatórios são alguns dos principais medicamentos utilizados no tratamento de doenças respiratórias como a asma. Podem ser administrados por sprays ou aparelhos de inalação. Trata-se de um método de administração que direciona o medicamento direto para as vias respiratórias.


Hoje vamos falar das diferenças dos aparelhos de inalação. Confira!


Nebulizador a Jato de Ar: Trata-se do nebulizador mais antigo e mais conhecido, ele fornece gás comprimido (com diferentes pressões) através de um jato, causando uma região de pressão negativa. A solução a ser aerossolizada é arrastada para o fluxo de gás e dissolvida em um filme líquido.


Vantagem: Menor custo e aceita qualquer tipo de medicação

Desvantagem: Mais barulhento e dependendo do compressor demora muito para terminar a inalação.


Nebulizador Ultrassônico: Utilizam vibrações ultrassônicas rápidas, produzidas por um cristal de quartzo submetido à ação de um campo elétrico para converter o líquido em névoa.


Vantagem: Menores do que a versão em ar comprimido, visto que não precisam de espaço em sua base para acomodar um compressor. Possibilitam um método de entrega mais uniforme e mais confiável além de serem bem mais silenciosos.

Desvantagem: Maior custo. Contraindicado o uso de soluções como corticoides inalados!!


Nebulizador de Malha Vibratória: Funciona com o auxílio de uma membrana microperfurada, que ao passar pela vibração causa uma diferença de pressão que permite a passagem do medicamento.


Vantagem: Por emitirem menor frequência, produzem partículas de tamanho adequado, são silenciosos, portáteis, não necessitam de fonte de ar comprimido e funcionam com bateria ou corrente elétrica alternada,

Desvantagem: Custo bem mais elevado.


Qual o ideal para você?


Os de Malha Vibratória tratam-se de nebulizadores de alta tecnologia e sem dúvidas possuem inúmeros benefícios. No entanto, é necessário avaliar diversos outros fatores na escolha de qual o ideal como custo-benefício, medicamento a ser administrado, perfil do paciente e outros.